Estratégias de Compra – Saiba quais são as principais usando a análise técnica

Dalton Vieira
30 de July de 2018

Olá amigos investidores, sejam muito bem-vindos a nossa sala de aprendizado. Explicarei neste vídeo sobre as principais estratégias operacionais de compra no mercado de ações.


Principais estratégias

As principais estratégias de compra de um ativo usando a análise técnica, também conhecida como gráfica, são:

  • Rompimento;
  • Correção;
  • Contra tendência.

As 3 estratégias mencionadas estão diretamente ligadas à tendência do preço, premissa básica da análise técnica. A característica principal de uma tendência de alta ou baixa é a formação de topos e fundos ascendentes ou descendentes, conforme exibido nas figuras 1 e 2.

Estratégias de Compra - Figuras 1 e 2

As estratégias de rompimento e correção geralmente são usadas quando o preço está em tendência de alta. Por outro lado, a estratégia de compra contra tendência é utilizada quando um determinado ativo está em tendência de baixa. Vamos agora abordar separadamente estas estratégias.


Rompimento

Estratégia que consiste em comprar um ativo após o rompimento do topo anterior, conforme destacado na figura. Em outras palavras, a compra é realizada quando ocorre a formação de um pivô de alta no gráfico, assunto abordado em outro vídeo de aprendizado.

Estratégias de Compra - Rompimento

Observe na figura que antes de ocorrer o rompimento do topo há a formação de um fundo ascendente, ou seja, em um nível acima do fundo anterior. Este é um requisito necessário para a execução da estratégia, pois isto mostra que o preço está ou entrará em tendência de alta na superação do topo anterior.


Rompimento - Exemplo

Vamos ao exemplo prático usando o gráfico diário da AEDU3. Qual o candle responsável por acionar a estratégia de compra ao romper o topo anterior? Excelente, o candle destacado pela letra A.

Estratégias de Compra - Exemplo: rompimento

O que ocorreu antes do rompimento para possibilitar a compra após o candle A? Ótimo, a formação de um fundo mais alto que o anterior. Neste exemplo a tendência de alta foi confirmada pelo candle A.


Correção

Estratégia que consiste em comprar um ativo após um movimento de baixa dentro de uma tendência de alta, conforme destacado na figura. Geralmente a compra é acionada após alguma sinalização gráfica que indique uma chance maior de retomada do movimento de alta.

Estratégias de Compra - Correção

O que anula a execução desta estratégia? Correto, um movimento de baixa que supere a mínima do fundo anterior, cancelando assim a tendência de alta do preço. Portanto, o sinal gráfico de compra deve ocorrer acima da mínima do fundo anterior.


Correção - Exemplo

Vamos ao exemplo prático usando o gráfico diário da HYPE3. Quais são os motivos de acionar a estratégia de compra de correção a partir do candle destacado pela letra B? Excelente. Primeiro, já havia uma tendência de alta definida até o ponto A.

Estratégias de Compra - Exemplo: correção

Segundo, houve um movimento de correção que parou de cair acima do fundo anterior. E por último, o candle B sinalizou força por parte dos compradores, o que aumentou a chance do preço retomar seu movimento de alta.


Contra tendência

Estratégia que consiste em comprar um ativo após um forte movimento de baixa, conforme destacado na figura. Antecedendo este movimento observe que há um topo descendente, ou seja, mais baixo que o topo anterior, representando uma tendência de baixa.

Estratégias de Compra - Contra tendência

A compra costuma ser acionada após alguma sinalização gráfica que indique uma chance maior de subida do preço. O objetivo principal é tentar aproveitar um possível repique de alta, ou seja, um movimento de correção da forte queda.


Contra tendência - Exemplo

Vamos ao exemplo prático usando o gráfico diário da LREN3. Por que acionar a estratégia de compra contra tendência a partir do candle destacado pela letra A? Ótimo, porque houve um forte movimento de queda dentro de uma tendência de baixa, representando uma desvalorização superior a 20% em apenas 6 pregões.

Estratégias de Compra - Exemplo: contra tendência

Além disso, o candle A sinalizou uma chance de reversão do movimento de baixa. Repare que o repique de alta já inicia no candle seguinte, responsável por superar a máxima do candle A e confirmar um fundo.

Sempre que possível dê preferência às estratégias de rompimento e correção, pois a chance de sucesso é superior à da contra tendência. Além disso, elas podem proporcionar compras com maior duração, enquanto a contra tendência precisa ser encerrada o mais breve possível.


Etapa concluída

Parabéns! Você concluiu mais uma etapa. Espero sempre contar com a sua presença na nossa sala de aprendizado. Muito obrigado!


Recomendo!

Veja também nosso artigo sobre Tendência de Alta. Deseja continuar o aprendizado? Simples, acesse o menu Aprenda>Blog do site e desfrute dos diversos vídeos e artigos disponíveis.

Comentários | 0 mensagem(s)
Ver Todos Comentários
Posts Relacionados