Topos e Fundos – Saiba como identificá-los

Dalton Vieira
01 de July de 2018

Olá amigos investidores, sejam muito bem-vindos a nossa sala de aprendizado. Explicarei neste vídeo sobre os Topos e Fundos dos gráficos, princípios essenciais da Análise Técnica.


Topos e Fundos

Topos e Fundos - Pontos extremos

De maneira simples os topos e fundos são pontos extremos no gráfico de um ativo. Partindo deste princípio onde estão os pontos extremos na figura ao lado?

Correto, basicamente estão localizados nos picos e vales do gráfico. Para ficar mais claro vamos abordar estes importantes princípios da análise técnica separadamente.


O que é um topo?

É a extremidade ou o ponto mais alto de um movimento de alta, o qual antecede um movimento de baixa. Local onde o preço parou de subir e começou a cair. Geralmente a formação do topo é sinalizada por um ponto de retorno de baixa, assunto que será abordado em outro vídeo de aprendizado.

Topos e Fundos - Topo

Vale destacar que o topo é a região de resistência mais importante no gráfico. Por quê? Porque é um ponto de fácil lembrança e identificação por diversos investidores, marcado pela reversão de um movimento de alta para baixa.


Exemplo - Topo

Vamos a um exemplo prático. No gráfico diário da CYRE3, figura abaixo, onde estão os topos? Para facilitar, quais são os pontos onde o preço para de subir e começa a cair?

Topos e Fundos - Exemplo Topo

Isso mesmo, os círculos destacados em vermelho são os topos, pontos de reversão de um movimento de alta para um movimento de baixa.

O que é um fundo?

É a extremidade ou o ponto mais baixo de um movimento de baixa, o qual antecede um movimento de alta. Local onde o preço parou de cair e começou a subir. Geralmente a formação do fundo é sinalizada por um ponto de retorno de alta, assunto que será abordado em outro vídeo de aprendizado.

Topos e Fundos - Fundo

Vale destacar que o fundo é a região de suporte mais importante no gráfico. Por quê? Porque é um ponto de fácil lembrança e identificação por diversos investidores, marcado pela reversão de um movimento de baixa para alta.


Exemplo - Fundo

Vamos a um exemplo prático. No gráfico diário da CYRE3, figura abaixo, onde estão os fundos? Primeiramente identifique os pontos extremos. Agora quais são os pontos onde o preço para de cair e começa a subir?

Topos e fundos Exemplo Fundo

Isso mesmo, os círculos destacados em azul são os fundos, pontos de reversão de um movimento de baixa para um movimento de alta.


Exemplo - Topos e Fundos

Vamos agora a um novo exemplo. No gráfico diário da BVMF3 onde estão os topos e fundos? Na tentativa de simplificar, busque primeiramente marcar os pontos extremos.

Os picos, pontos onde o preço para de subir após um movimento de alta e começa cair, são os topos. Os vales, pontos onde o preço para de cair após um movimento de baixa e começa a subir, são os fundos. Observe no gráfico abaixo os topos e fundos devidamente destacados respectivamente em vermelho e azul.

Topos e Fundos - Exemplo

A correta identificação dos topos e fundos é de fundamental importância na análise técnica, visto que facilitará o entendimento de outros princípios essenciais, como por exemplo tendências de alta e baixa. Assunto que será abordado em outro vídeo de aprendizado.


Etapa concluída

Parabéns! Você concluiu mais uma etapa. Espero sempre contar com a sua presença na nossa sala de aprendizado. Muito obrigado!


Recomendo!

Veja também o artigo sobre Movimentos. Deseja continuar o aprendizado? Simples, acesse o menu Aprenda>Blog do site e desfrute dos diversos vídeos e artigos disponíveis.

Comentários | 0 mensagem(s)
Ver Todos Comentários
Posts Relacionados