Pivô de Baixa – Sinal de fraqueza dos compradores

Dalton Vieira
04 de May de 2016

Olá amigos investidores, sejam muito bem-vindos a nossa sala de aprendizado. Explicarei neste vídeo o que é e como identificar um Pivô de Baixa, princípio essencial da Análise Técnica.


Conceito

O que é um Pivô de Baixa? É uma formação gráfica em que o preço de um ativo supera a mínima do fundo anterior após dois topos descendentes. Para ficar mais claro vamos aplicar o conceito na figura em destaque.

Pivô de Baixa - Conceito

Inicialmente há a formação do topo T1, seguido do fundo F1. Neste momento que entra o primeiro ponto importante do pivô de baixa, a formação do topo descendente T2. O preço para de subir abaixo do topo T1 e volta a cair. Na sequência temos o segundo ponto importante do pivô. O movimento de baixa gerado após o topo T2 supera a mínima do fundo F1, confirmando assim o pivô de baixa.


Exemplo - PETR4

Vamos a um exemplo prático usando o gráfico diário da PETR4. Repare que após um movimento de alta há a formação do topo T1, seguido de um bom movimento de baixa. A reversão deste movimento proporcionou a formação do fundo F1.

Pivô de Baixa - Exemplo PETR4

Repare que na sequência houve a formação do topo T2 abaixo do topo T1, ou seja, topo descendente. Quando ocorre a confirmação do pivô de baixa? Excelente, quando há a superação do fundo F1, conforme destacado pelo ponto A.

Quais são os fatores que aumentam a importância do pivô de baixa?

1. Um fechamento abaixo da mínima do fundo anterior - F1. No exemplo da PETR4 isso ocorreu somente dois dias após a confirmação do pivô de baixa, conforme destacado pelo ponto B.

2. Volume acima da média na confirmação do padrão. No exemplo da PETR4 observe que o volume só foi acima da média no ponto B, ou seja, quando houve um fechamento abaixo do fundo F1.

Alguns analistas de mercado com o objetivo de lucrar durante a tendência de baixa, costumam vender um ativo na confirmação do pivô.


Significados

Quais são os significados de um Pivô de Baixa? Este padrão gráfico pode significar o início ou a continuidade de uma tendência de baixa. Para facilitar o entendimento observe as figuras 1 e 2 que destacam a formação do pivô de baixa.

Pivô de Baixa - Significados

Qual a diferença entre as duas figuras? Correto, os movimentos que antecedem o pivô de baixa. Na figura 1 há uma tendência de alta, caracterizada por topos e fundos ascendentes. Neste caso, a formação do pivô significou o fim desta tendência e o ínicio de uma tendência de baixa.

Na figura 2 já havia uma tendência de baixa, caracterizada por topos e fundos descendentes. Neste caso, a formação do pivô significou a continuidade da tendência vigente.

Qual a formação de pivô mais importante, a apresentada na figura 1 ou 2? O pivô de baixa da figura 1 tem um peso um pouco maior por dar início a tendência de baixa. No entanto, ambas são importantes por representarem uma força maior dos vendedores, o que aumenta a chance do preço continuar o movimento de desvalorização.


Etapa concluída

Parabéns! Você concluiu mais uma etapa. Espero sempre contar com a sua presença na nossa sala de aprendizado. Muito obrigado!


Recomendo!

Veja também o artigo sobre Tendência de Baixa. Deseja continuar o aprendizado? Simples, acesse o menu Aprenda>Blog do site e desfrute dos diversos vídeos e artigos disponíveis.

Comentários | 0 mensagem(s)
Ver Todos Comentários
Posts Relacionados